Política

LAVA-JATO

Rosa Weber, ministra do STF, arquiva investigação de José Serra na Lava-Jato

José Serra teve sua investigação na Operação Lava-Jato arquivada por Rosa Weber, ministra do STF, desmascarando mais uma vez o judiciário, a Lava-Jato e a serviço do que estão.

sexta-feira 9 de março| Edição do dia

Imagem: Jornalistas Livres

Rosa Weber, ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou arquivar um inquérito contra José Serra (PSDB) no âmbito da Operação Lava Jato. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, 8.

Serra era investigado por uma possível prática de caixa 2 – falsidade ideológica eleitoral. Rosa acatou a manifestação de Raquel Dodge, procuradora-geral da República.

O empresário Joesley Batista, da JBS, declarou que fez doações não contabilizadas, por meio de contratos simulados com empresas que teriam sido indicadas pelo tucano, na campanha presidencial de 2010. Ele foi solto hoje e também se beneficiou da Lava-Jato.

A Lava-Jato, que é propagandeada pelos golpistas como "a limpeza do congresso", não leva até final nenhum dos julgamentos, pois apesar do judiciário se manter firme como um elemento imparcial no jogo político, na realidade, é uma das peças que movimenta esse jogo e que mantém impunes todos aqueles que são de seu interesse.

O julgamento arbitrário do ex-presidente Lula, assim como o arquivamento das denúnicas contra Temer, Serra e soltura de Joesley, mostram como a Lava-Jato não busca justiça, mas busca manter vivas as peças que querem do jogo político.

A Lava-Jato, bem como outras operações contra crimes de corrupção, não resolvem o problema da corrupção e dos corruptores no Brasil. Somente a classe trabalhadora, com seus métodos, como juri popular, podem dar a resposta efetiva, não apenas para a corrupção, mas também para os ataques que a burguesia vem travando contra os brasileiros.

com informações da Agencia Estado.




Tópicos relacionados

Joesley Batista   /    José Serra   /    Operação Lava-Jato   /    PSDB   /    "Partido Judiciário"   /    Poder Judiciário   /    Política

Comentários

Comentar