Internacional

VENEZUELA

Roger Waters sobre a Venezuela: "Detenham essa loucura do governo dos Estados Unidos"

O músico britânico pediu que "deixassem o povo venezuelano quieto" e convocou a mobilizar-se hoje em frente à missão diplomática dos EUA na ONU.

terça-feira 5 de fevereiro| Edição do dia

A mensagem postada via Twitter por Waters diz: "Isso é hoje !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Detenham essa nova loucura dos Estados Unidos, deixem o povo venezuelano quieto. Eles têm uma verdadeira democracia, parem de tentar de destruí-los para que 1% possa saquear seu petróleo”. E abaixo acrescenta o slogan "Fora mãos dos Estados Unidos", acompanhado pela hashtag #Venezuela! Nicolás Maduro e #STOPTRUMPSCOUPINVENEZUELA (pare o golpe de Trump na Venezuela).

O texto é acompanhado de um chamado para uma "manifestação de emergência" na segunda-feira nas ruas de Nova York, em frente à missão diplomática dos EUA na ONU.

Vale a pena lembrar que Waters, fundador da lendária banda Pink Floyd, tem repetidamente criticado o presidente ianque Donald Trump. Em novembro passado, em turnê na Argentina com seu show "Us + Them", ele criticou duramente Trump no dia das eleições nos Estados Unidos.

Em seus recitais, o líder reacionário é caricaturado, transformado em um porco, em consonância com os temas de Animals que denuncia "os porcos que controlam o mundo". Inclusive chegou a mostrar Trump vestido com o uniforme nazista.

Mais uma vez, na tentativa de consumar um golpe de Estado na Venezuela, com o selo da Casa Branca, Waters chama a "resistir" mobilizando-se, lema no qual encenou em sua intensa última turnê mundial.




Tópicos relacionados

Roger Waters   /    Internacional

Comentários

Comentar