Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Rodrigo Maia quer reforma da Previdência em duas semanas

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou na manhã desta quinta-feira, 27, que vai trabalhar para votar a reforma da Previdência no plenário da Casa na segunda ou terceira semana de maio. Está desafiando os trabalhadores que farão a maior paralisação em décadas. Temos que cruzar os braços e tumultuar tudo.

quinta-feira 27 de abril| Edição do dia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou na manhã desta quinta-feira, 27, que vai trabalhar para votar a reforma da Previdência no plenário da Casa na segunda ou terceira semana de maio. Está desafiando os trabalhadores que farão a maior paralisação em décadas. Temos que cruzar os braços e tumultuar tudo.

"Temos a obrigação de continuar conversando, dialogando, para que a gente possa chegar no mês de maio, na segunda semana, terceira semana, prontos para votar a reforma da Previdência e com número suficiente para que a gente aprove a reforma", afirmou Maia.

O parlamentar fluminense também comemorou a aprovação da reforma trabalhista durante votação a quarta-feira à noite. Para ele, a aprovação por 296 votos a 177 foi fruto de uma "reorganização" da base aliada do governo.

Seguramente isso foi feito à base de cargos, verbas.

"Tivemos, nas últimas semanas, muitos problemas na articulação das votações, principalmente na base do governo. Tivemos alguns resultados que não esperávamos. Então, se você olhar do ponto de vista do que vem acontecendo nas últimas semanas, certamente a reorganização da base do governo foi muito forte", afirmou.

As vacilações que tem ocorrido dentro dos partidos golpistas que apoiam Temer não se deve a uma tomada de consciência mas de cálculos eleitorais temendo a força que os trabalhadores mostraram dia 15 e mostrarão ainda mais amanhã.




Tópicos relacionados

#28A   /    Rodrigo Maia   /    Reforma da Previdência   /    Política

Comentários

Comentar