Mundo Operário

PARALISAÇÃO

Rodoviários do DF paralisam as atividades nesta segunda-feira

Desde a madrugada desta segunda feira, 28, rodoviários de todo Distrito Federal paralisaram as suas atividades e não abriram as garagens, reivindicando o direito ao aumento de 10% nos salários.

segunda-feira 28 de agosto| Edição do dia

Cerca de 06h da manhã, regiões como Planaltina, Sobradinho, São Sebastião, Riacho Fundo I, Riacho Fundo II, Setor O, M Norte, Paranoá e Recanto das Emas, já informavam a falta de ônibus, e segundo o sindicato dos trabalhadores rodoviários a paralisação é por tempo indeterminado.

As empresas de ônibus fizeram a proposta de aumento de 4,5% nos salários, mas a categoria recusou, e reivindica 10%. Segundo o governo do DF, que entrou na justiça pela manhã para conter a paralisação, a categoria"quer ganhos reais que não refletem a realidade econômica do país."

Mas sabemos que o que não reflete a realidade econômica do país, é um aumento de apenas 4,5% nos salários, num momento de alta inflação e precarização das vidas e do trabalho de milhares de pessoas, que se aprofunda ainda mais com os ataque do governo Temer.

Enquanto os salários diminuem e o desemprego aumenta, as empresas de ônibus continuam regadas à privilégios, com perdão de dívidas e verbas provenientes do dinheiro público. E nesse momento de crise econômica, querem atacar os direitos dos trabalhadores, para melhor explorar a força de trabalho e manter seus lucros, jogando a conta para que sejam os trabalhadores a pagar pela crise.




Tópicos relacionados

Luta contra os ajustes   /    Inflação   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar