Mundo Operário

DIA NACIONAL DE MOBILIZAÇÃO

Rodoviários de SP mostram enorme disposição de luta: "tem que parar tudo!"

Logo às 4 horas da manhã de hoje, 19, a garagem de ônibus em Sambaíba, Zona Norte de SP, bancários, professores e metroviários panfletaram material sobre a greve geral contra a reforma da previdência e pelo direito do povo de decidir em quem votar para os trabalhadores dos transportes. Também denunciam o absurdo da intervenção federal, com um interventor militar nomeado por Temer no Rio de Janeiro.

segunda-feira 19 de fevereiro| Edição do dia

Muitos trabalhadores se mostraram indignados com a situação política nacional, demonstrando disposição de luta e necessidade de unificar a luta dos trabalhadores dos transportes, com muita clareza da força que temos e cientes das possibilidades de barrar esses ataques contra nossos direitos que o "vampirão" quer deferir contra os trabalhadores, como eles mesmos disseram.

"Tem que parar tudo!", disseram muitos deles.

A categoria votou em assembleia na semana passada a adesão à paralisação no dia de hoje, mas o sindicato dos motoristas de ônibus suspendeu a greve, ficando a reboque da agenda parlamentar.

Apesar disso, muitos trabalhadores demonstraram querer ações concretas e percebem a necessidade da unidade da luta dos trabalhadores dos transportes.

É urgente essa unidade dos trabalhadores dos transportes e também de um plano de lutas com uma greve geral para derrubar os ataques contra nossos direitos.

Confirma imagens da panfletagem:




Tópicos relacionados

Paralisação 19F   /    Greve Geral   /    Reforma da Previdência   /    Greve   /    Transporte   /    São Paulo (capital)   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar