Educação

30M

Robôs de Bolsonaro lançam a hashtag #Dia30EuVouTrabalhar e esquecem do desemprego de mais de 13 milhões de brasileiros

Patricia Galvão

Trabalhadora da USP e integrante da Secretaria de Mulheres do SINTUSP

quinta-feira 30 de maio| Edição do dia

Os robôs do presidente Jair Bolsonaro lançaram a hashtag #Dia30EuVouTrabalhar, arregaçaram as mangas e... foram para o twitter.

Faltou falarem que hoje no Brasil são mais de 13 milhões de desempregados, além de mais de 28 milhões de pessoas subutilizadas. Na juventude o desemprego alcança quase 30%. Rappi, Ifood, Uber e outros empregos precários tem se tornado cada vez mais frequentes. Apesar de começar a trabalhar cedo, a média de idade do brasileiro para conseguir um emprego com "carteira assinada" é 28 anos. Se não derrotamos a reforma da previdência, vamos trabalhar até morrer.

Bolsonaro, a direita e os patrões querem legar à juventude trabalhar até morrer ou morrer trabalhando. Além da reforma da previdência, Bolsonaro já anunciou que quer acabar com 90% das normas reguladoras de segurança do trabalho. De nós trabalhadores, querem nos tirar tudo.

Precisamos tomar as ruas para derrotar a reforma da previdência e os ataques de Bolsonaro à educação. A juventude em luta pelo seu futuro, em defesa da educação pode incendiar a classe trabalhadora para derrotar a reforma da previdência.

Nossa luta é uma só, não podemos deixar que negociem nosso futuro!
São eles ou nós! Que sejam os capitalistas que paguem pela crise




Tópicos relacionados

30M 2019   /    Governo Bolsonaro   /    Reforma da Previdência   /    Educação   /    Desemprego   /    Educação   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar