Política

CORONAVÍRUS

Rio tem mais de 1800 leitos do SUS desativados

Enquanto centenas estão na fila por leitos de UTI, comissão de saúde formado por parlamentares acha vários leitos desativados na cidade, muitos apenas por pequenas avarias.

domingo 3 de maio| Edição do dia

A situação da pandemia se agrava por todo o país e no Rio em especial, levando centenas a uma fila para UTI. A situação piora pois os hospitais de campanha, previstos para estarem prontos no final do mês passado, estão atrasados. Já se começam a fazer protocolos para avaliarem quem vive e quem morre no estado.

No entanto, enquanto muitos agonizam, vemos uma situação totalmente contraditória. Uma comissão de saúde formada por parlamentares, identificou mais 1840 leitos em diversos hospitais desativados sendo que muitos deles estão apenas com pequenas avarias.

No hospital Ronaldo Gazzolla, tido como referência, tem 151 leitos em quartos desativados, enquanto há pessoas esperando nos corredores. Cena que se repete em vários outros hospitais.

Enquanto pessoas estão morrendo na fila, Crivella fala que temos de esperar os hospitais de campanha previstos para inaugurar no final do mês passado e que estão atrasados e nada comenta sobre esses leitos desativados




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Marcelo Crivella   /    Rio de Janeiro   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar