Política

ATENTADO CURITIBA

Repúdio ao ataque a tiros sofrido pelo acampamento Marisa Letícia em Curitiba

sábado 28 de abril| Edição do dia

O acampamento Marisa Letícia, localizado em Curitiba, no bairro Santa Cândida, onde dormem integrantes da vigília Lula Livre, foi atacado a tiros por volta das quatro horas da manhã.

Duas pessoas foram feridas, uma delas está hospitalizada. Jeferson Lima de Menezes, de São Paulo, foi prontamente encaminhado ao hospital com um tiro no pescoço.

A informação de pessoas que estavam no acampamento aponta que havia movimentação de carros passando em frente ao local desde às duas da madrugada, gritando palavras de ordem em apoio a Jair Bolsonaro.

Repudiamos veementemente esse atentado por setores de ultra direita. É um novo exemplo de como é necessário organizar a resistência contra a continuidade do golpe institucional nas ruas e nas fábricas, escolas e universidades, com os métodos de luta da classe trabalhadora. Somente uma política de independência de classe - e não a política de conciliação do PT - pode enfrentar verdadeiramente os golpistas, os empresários e os setores de ultra direita.




Tópicos relacionados

Prisão de Lula   /    Julgamento de Lula   /    Operação PF contra Lula   /    Lula   /    Política

Comentários

Comentar