ARGENTINA

Repressão na Argentina: Liberdade imediata a Carlos Artacho e todos os presos

O operativo policial realizado pela policia de Buenos Aires se somou a Gendarmeria Nacional (tropa de choque). Há pelo menos 40 detidos ate agora. Entre eles Carlos Artacho, do PTS e do sindicato dos telefônicos.

segunda-feira 18 de dezembro de 2017| Edição do dia

O operativo das forças repressivas foi de repressão com gazes e balas de borracha à prisão de manifestantes. Havias, segundo informação de organismos de direitos humanos ao menos 40 detidos.

Entre os detidos esta Carlos Artacho, dirigente do PTS e membro da diretiva do sindicato dos telefônicos (FOETRA) e Claudio Gonzales, trabalhador da PEPSICO.

Alem disso Artacho esta ferido por conta da repressão.

Desde estas paginas exigimos:
Liberdade já para Carlos Artacho e todos os detidos!
Basta de repressão!




Tópicos relacionados

Reforma da Previdência   /    Repressão

Comentários

Comentar