Mundo Operário

DEMISSÕES NA LATAM

Representantes do PTS na FIT-U argentina repudiam as demissões na LATAM

Representantes do PTS (partido irmão do MRT na Argentina) na FIT-U (Frente de Esquerda e dos Trabalhadores - Unidade) somam-se a campanha contra as 2.000 demissões anunciadas pela LATAM no Brasil fortalecendo esta luta com um importante apoio internacional.

sábado 13 de junho| Edição do dia

Nícolas del Caño candidato a presidente na ultima eleição Argentina pela FIT-U e dirigente do PTS (partido irmão do MRT na Argentina) e Laura Vilches conselheira pelo municipio de Cordoba pelo PTS na FIT-U (carga semelhante a vereadora no Brasil) somaram-se a campanha com um importante apoio internacional contra as 2.000 demissões anunciadas pela LATAM e que deixarão milhares de famílias em uma difícil situação em meio a pandemia.

Os aeroviários, além de expostos à COVID-19, têm sido um setores mais atingidos pela retirada de direitos em meio à crise econômica que afeta o mundo. Já são milhares de demitidos e só crescem o assédio e a chantagem patronal. A LATAM recentemente demitiu 1845 trabalhadoras e trabalhadores na América Latina, e agora acaba de anunciar outras quase 2 mil demissões só no Brasil.

Nós do Esquerda Diário seguiremos denunciando este absurdo ataque aos aeroviários e fortalecendo a campanha para barrar as milhares de demissões.

Siga a campanha contra as milhares de demissões anunciadas pela LATAM no Brasil:

Ricardo Antunes, Virgínia Fontes, Silvio Almeida e outros intelectuais se somam à luta contra as demissões na LATAM

[VÍDEO] Assista às falas do ato em Guarulhos contra as 2 mil demissões na LATAM

Centenas se somam à campanha contra as demissões na LATAM

Participe da campanha de fotos nas redes sociais contra as demissões.




Tópicos relacionados

Abaixo as demissões na Latam!   /    PTS   /    Nicolás del Caño    /    PTS na FIT   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar