Educação

GREVE MG

Representantes de diferentes subsedes da APEOESP em apoio a greve dos professores de MG

O Nossa Classe Educação propôs nas reuniões da APEOESP o apoio à greve de MG, e em várias subsedes, os professores de São Paulo manifestaram solidariedade à luta dos professores mineiros em luta.

quarta-feira 18 de abril| Edição do dia

Nota aprovada na Região Sudoeste de SP:

"A reunião de Representantes de Escola da região Sudoeste da Apeoesp declara total apoio a greve dos professores de Minas Gerais, que luta contra o os ataques a educação do governo Pimentel do PT. E nos manifestamos para que a direção do sindicato desta categoria organize a luta para a vitória."

Nota dos professores da Subsede Norte da Apeoesp em apoio aos professores de MG em greve:

"Nós professores da rede estadual de São Paulo, representantes de escola da subsede norte da Apeoesp, apoiamos a greve dos professores de Minas Gerais, que lutam para que o governo do Pimentel pague seus salários e 13º salário atrasados e por mais qualidade no ensino público.
A força dos professores mineiros pode vencer essa greve e fortalecer a luta dos trabalhadores de todo país contra os ataques dos golpistas."

Resolução proposta pelo Movimento Nossa Classe - Educação, na reunião de presentes de escola da APEOESP, subsede Campinas, no dia 18 de abril de 2018. A resolução foi aprovada por unanimidade, com a presença de mais de 100 professores.

"Todo apoio a greve dos professores de Minas Gerais, pelo atendimento integral de suas demandas, contra os ataques do governo de Fernando Pimentel."

Moção de apoio Representantes de Escola (RE) de Santo André aos professores em greve de Minas Gerais:

"Os Representantes de Escola (RE) de Santo André, reunidos em reunião ordinária de RE no dia 18/04/2018, votaram em unanimidade o apoio incondicional à greve dos professores de Minas Gerais. Na última assembleia da greve, apesar de os professores terem votado pela continuidade da greve, a direção do SindUTE-MG, comandado pela CUT não aceitou a decisão da assembleia e passou a boicotar a organização da base. Repudiamos essa postura e apoiamos a auto-organização dos professores, a partir dos comandos de greve em cada região de Minas Gerais. Que os professores tomem a greve em suas mãos para poder vencer."




Tópicos relacionados

Apeoesp   /    Greve   /    Educação   /    Professores

Comentários

Comentar