Sociedade

DÉFICIT HABITACIONAL

Reintegração de posse gera revolta na ZL de São Paulo e moradores fazem barricadas

Área é ocupada desde 2014 por 300 famílias que nesta manhã foram despejadas com ação truculenta da PM sob mando da prefeitura e judiciário.

terça-feira 30 de outubro| Edição do dia

Cerca de 300 famílias, segundo os representantes da comunidade, foram despejados de suas casas em um terreno ocupado irregularmente desde 2014, no Bairro Lajeado, em Guaianases, na Zona Leste de SP.

Parte dos moradores deixaram o local previamente, outra parte tentou resistir construindo cerca de 5 barricadas. A Secretaria de Habitação afirmou que não houve confronto. Diferentemente dos moradores, que em entrevista à rádio CBN, afirmaram que a tropa de choque foi acionada e reprimiu utilizando bombas.

Segundo o advogado André Araújo, que representa as famílias, a COHAB não cumpriu o acordado, pois não realizou o cadastramento completo de todas as famílias (somente 185 foram cadastradas) e nem o atendimento provisório através do auxílio-aluguel.

Considerando que ontem (29), essas mesmas famílias ocuparam a Secretaria de Habitação para protestar contra a ordem de Reintegração de Posses e serem ouvidas, foi uma medida arbitrária e que escancara a truculência do estado, polícia e judiciário. Os moradores deixaram claro: "a polícia veio pronta para atacar!". Foi assim em Pinheirinho em 2012 e em vários casos que cobrimos nos últimos tempos.

Não podemos nos calar diante de ações escandalosas do tipo, que deixam famílias inteiras ao relento, sem abrigo e moradias dignas. Nós, do Esquerda Diário, nos solidarizamos com as ocupações de moradia e lutamos pela regularização sem indenização de todos os terrenos necessários para resolver a crise de habitação da cidade junto a um plano de construção de moradias que defenda os verdadeiros interesses da população, e não os interesses da elite e dos empresários.




Tópicos relacionados

Reintegração de Posse   /    Sociedade

Comentários

Comentar