Sociedade

GOVERNO BOLSONARO E O CORONAVÍRUS

Regina Duarte sai em defesa ridícula de Bolsonaro: "ele está certíssimo"

Regina Duarte parece zombar com os brasileiros. Segundo a linha do presidente Jair Bolsonaro, a atriz, latifundiária e secretária da cultura parece estar mais preocupada com os lucros dos empresários, e inclusive o seu, do que com a saúde dos brasileiros.

quinta-feira 26 de março| Edição do dia

O presidente que trata a pandemia como uma “gripezinha” causou polêmica ao questionar medidas como a suspenção das aulas para conter a disseminação do vírus. Seguindo a lógica do presidente, que desde a confirmação do primeiro caso de coronavírus no país segue minimizando o impacto do vírus na vida de milhões de brasileiros, diversos empresários como Luciano Hang, Junior Durski, Roberto Justos também se manifestaram preocupados com seus próprios lucros.

No twitter, na manhã de quarta a atriz postou:

Em seguida, a atriz fez demagogia com as medidas de quarentena:

A atriz propositalmente confunde a quarentena com ficar em casa, como se os trabalhadores estivessem de férias. Além de ignorar que milhões de trabalhadores seguem trabalhando para manter o lucro dos empresários, sob condições precárias e sem nenhum cuidado sanitário para que não se contaminem, uma pequena parcela dos trabalhadores está em casa e boa parte em home-office, o que não é, nem de longe, condições ideais de trabalho, tampouco atividades essenciais e sim para a manutenção dos lucros empresariais.

A demagogia de Regina soa ainda mais absurda quando é o próprio governo, do qual ela faz parte, que trata a vida dos trabalhadores como se valesse menos que a vida dos mais ricos. Afinal, Bolsonaro ao tratar a pandemia de coronavírus como uma “gripezinha” destina míseros 2% do PIB à saúde e R$ 200,00 para os trabalhadores informais, além de lançar a MP da morte que abre brecha para demissões e corte de salários, enquanto destina mais de R$1 trilhão de reais de ajuda aos bancos. Só esse dinheiro destinado aos banqueiros poderia pagar por milhões de testes para todos que queiram e assim isolar e tratar os contaminados de forma adequada. Além disso, seria possível abrir novos leitos para tratar os casos graves, evitando a morte de milhares de pessoas.

Afinal, Regina, a vida dos trabalhadores vale menos que a dos empresários?




Tópicos relacionados

Regina Duarte   /    Coronavírus   /    Governo Bolsonaro   /    Sociedade

Comentários

Comentar