Política

Reforma Trabalhista não aumentou contratação da maioria das pequenas empresas

Há um ano de sua aprovação, o resultado foi o oposto do que era anunciado por Temer, comprovando os prognósticos que viemos denunciando.

segunda-feira 15 de outubro| Edição do dia

Após um ano da aprovação da reforma trabalhista, o prognóstico que vínhamos denunciando aconteceu. Diferentemente do que foi propagado pelo governo, cerca de 61% dos empreendedores disse que isso não auxiliou a contratação. Além disso, o desemprego e subemprego continua alta.

Toda essa situação tende a piorar com a aprovação da terceirização irrestrita, que foi recentemente sancionada pelo STF. Além disso, com o programa ultra-neoliberal de Bolsonaro e seu ministro da fazenda Paulo Guedes, a situação da classe trabalhadora tende a se agonizar.

Ver também: Bolsonaro é a continuidade violenta das reformas de Temer




Tópicos relacionados

Fora Temer   /    golpe   /    Reforma Trabalhista   /    Golpe institucional   /    Governo Temer   /    Michel Temer   /    Política

Comentários

Comentar