Política

IGREJA E ESTADO

Reacionário Alckmin se reúne com lideranças religiosas em MG

terça-feira 14 de agosto| Edição do dia

O período eleitoral é também o período dos políticos saírem a caça de todo apoio que conseguirem. Nesse sentido, o candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, nesta terça-feira (14) participou de encontro realizado pela Global Kingdom Partnerships Network, na Igreja Batista Central da capital mineira. A entidade reúne pastores e lideranças cristãs de todo o mundo.

Não é de se surpreender a busca de apoio político de Alckmin nas lideranças religiosas, o tucano é membro da organização católica de ultra-direita, Opus Dei, se sentindo confortável para negociar todo tipo de pauta conservadora e reacionário.

O encontro também vai de acordo a estratégia recente do candidato de se colar ao eleitorado mais próprio de Bolsonaro, na tentativa de capturar uma parcela de seus votos.

Nas eleições evidencia-se o nítido vínculo entre Igreja e Estado, apesar da Constituição assegurar o caráter laico do governo, basta constatar a extensão da bancada da bíblia no congresso para identificarmos seu poder de influência. É necessário lutar pela separação entre a Igreja e o Estado, para que questões religiosas não sejam um entrave para a conquista de pautas progressistas.




Tópicos relacionados

Eleições 2018   /    PSDB   /    Alckmin   /    Política

Comentários

Comentar