Gênero e sexualidade

MACHISMO NA TV

Ratinho, em seu programa, diz ser contra mulheres no futebol: "muito bruto para mulheres"

A mídia, mais uma vez, expressa através do Ratinho a orientação machista dos seus programas.

quarta-feira 1º de novembro| Edição do dia

Em conversa com Arnaldo Saccomani em seu programa, Programa do Ratinho, o apresentador, que já demonstrou sua misoginia em diversas situações, conseguiu mais uma vez mostrar o quanto a grande mídia é conivente com machismo. Quando Arnaldo afirmou não gostar de homens que praticam o pole dance, Ratinho não só concordou, mas igualou esta questão ao ato de mulheres jogarem futebol.

Ratinho reitera suas posições machistas, já percebidas anteriormente em atitudes contra sua assistente de palco no ano passado, quando a chutou ao vivo. Relembre:

Sílvio Santos, dono da emissora SBT, a qual Ratinho é parte, também protagonizou diversos atos de machismo, em especial contra Maísa Silva.

Estes apresentadores se apropriam e se utilizam de seu de alcance de massas, agindo em “tom de brincadeira” ou como se fosse “somente uma opinião”, para propagar discursos e cenas de machismo. Desta forma contribuem com a disseminação de um senso comum de que a mulher deve estar em profissões ou atuações especificas às “suas capacidades naturais”, as quais são associadas nada mais que à reprodução da sociedade patriarcal, em especial através da dupla jornada de trabalho. Pensamento este que se relaciona com a naturalização da violência de gênero e do feminicídio, com as estatísticas de um dos países que mais mata travestis e transexuais no mundo.

É necessário um firme combate ao machismo e o capitalismo em uma perspectiva revolucionária, ligada à luta dos homens e mulheres trabalhadoras, para que se possa acabar com esta miséria de entretenimento imposto pela mídia. Esta que apresenta protagonistas como os apresentadores Ratinho e Sílvio Santos, mas que também se apoia em figuras como Bolsonaro e suas declarações conservadoras e misóginas.

Fonte: Catraca Livre




Tópicos relacionados

Ratinho   /    Machismo na TV   /    Futebol   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar