Educação

EDUCAÇÃO

Ratinho Jr. (PSD) irá militarizar 215 escolas no Paraná

O governador do Paraná anuncia programa de escolas cívico-militares que será implementado em 215 colégios

terça-feira 27 de outubro| Edição do dia

Foto: Augusto Fernandes/Esp.CB/D.A.PRESS

O governador do Paraná, Ratinho Jr. (PSD), anunciou nesta segunda-feira (26) que o programa de escolas cívico-militares será implementado em 215 colégios estaduais de 117 municípios de todas as regiões do Estado a partir de 2021.

O governador gastará por volta de R$80 milhões para chegar com o programa a 129 mil alunos, sendo o maior programa do Brasil nessa área.

Veja também: O que acontece dentro das 203 escolas que Bolsonaro militarizou?

Ratinho Jr. e seu secretário da educação Renato Féder se aproveitam do período de pandemia para, de forma absolutamente autoritária, impor seus projetos político-partidários, já que não ocorreu qualquer debate com os trabalhadores da área da educação e com a comunidade escolar.

Uma consulta pública para saber o que a comunidade escolar acha do programa de militarização está sendo feita nesta terça (27) e quarta-feira (28), sendo realizada um dia após o anúncio das escolas que serão militarizadas, o que demonstra um interesse por parte do governo de dar um verniz democrático a uma medida totalmente autoritária.

Veja também: A militarização da educação está implantando a ditadura dentro das escolas




Tópicos relacionados

Paraná   /    Militarização das escolas   /    Educação

Comentários

Comentar