Gênero e sexualidade

25N - Dia internacional de combate à violência contra as mulheres

RN: Quinto colocado em violência contra a mulher

sábado 25 de novembro| Edição do dia

O Rio Grande do Norte, no extremo nordeste brasileiro, contabilizou até 13/08/17, 89 feminicídios, com um aumento de 53% em relação a 2016. Neste 25/11, dia de luta contra a violência contra a mulher, apresentamos alguns dados que retratam a situação das mulheres no estado e a urgente necessidade de um forte movimento de mulheres que faça frente contra a violência e arranque do Estado um plano de emergência que atenda a necessidade das mulheres em situação de violência.

Nos anos de 2014 e 2015 foram registrados 643 casos de estupro no estado, acompanhados pelo alerta de que muitos são sequer denunciados por medo, já que o único que o Estado oferece às mulheres é contar com seu braço armado, a Polícia, responsável por produzir grande parte da violência que as mulheres sofrem, na qual de fato não se pode confiar.

40% das mulheres do RN tem sua saúde mental afetada pela violência, para qual o amparo estatal também é inexistente. Em quem podem confiar então as mulheres? Estes números crescentes tem responsáveis?

Enquanto isso, os vereadores golpistas da Câmara Municipal de Natal não encontram outra utilidade própria além de defender a implementação do Escola Sem Partido municipal e homenagear Dória e Flávio Rocha como cidadãos ilustres.

A confiança das mulheres precisa estar nas próprias mulheres e nas suas próprias forças, para ganhar também os homens trabalhadores para sua defesa. É urgente arrancar um plano de emergência que inclua casas abrigo, assistência psicológica e emprego para as mulheres vítimas de violência, mas é somente a luta das mulheres independente do PT que perdoa os golpistas que o pode arrancar.

Queremos desde o Rio Grande do Norte, chamar as mulheres a se organizarem conosco no Pão e Rosas para batalhar por um movimento de mulheres anticapitalista e revolucionário que quer acabar com este sistema de opressão e exploração que assassina mulheres todos os dias.




Tópicos relacionados

dossiê25/17   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar