Juventude

IFRN

REPÚDIO: Interventor do IFRN chama PM pra agredir protesto de estudantes

terça-feira 11 de agosto| Edição do dia

A reitoria do IFRN convocou a PM do Rio Grande do Norte, comandada pelo governo Fátima Bezerra, para reprimir uma manifestação de estudantes contra a equipe do interventor Josué Moreira.

O interventor se fechou na sua sala e chamou a PM, que entrou no prédio, perseguiu e agrediu estudantes, roubando o celular de um deles e os expulsou com uso de gás de pimenta e ferindo um dos estudantes.

Do lado de fora, os estudantes cantavam palavras de ordem contra a equipe do interventor. Foram surpreendidos enquanto esperavam receber o almoço com mais gás de pimenta e agressões por parte da PM. Após se retirarem os PMs não devolveram o celular do estudante.

Relatos apontam que o carro de um membro da equipe do interventor tentou atropelar um servidor que estava apoiando a manifestação.

Repudiamos veementemente essa medida repressiva por parte do interventor do IFRN apoiada pela PM do estado. Nos colocamos ao lado da luta dos estudantes contra a intervenção no IFRN por parte do governo Bolsonaro. Para fazer frente ao autoritarismo da reitoria e da intervenção, é necessário que existam espaços de auto-organização dos estudantes dos campus dos IFs, da UFRN, UERN e outras universidades, que massifiquem essa luta contra o uso repressivo da PM.




Tópicos relacionados

Fátima Bezerra (PT)   /    Reitoria   /    Natal   /    PM   /    Rio Grande do Norte   /    Juventude

Comentários

Comentar