QUILOMBO VERMELHO

Quilombo Vermelho visita escola estadual em Campinas

Quilombo Vermelho participa de atividade sobre o dia da Consciência Negra na EE San Diego em Campinas.

terça-feira 28 de novembro| Edição do dia

(Estudantes da EE San Diego durante discussão com Quilombo Vermelho)

O Quilombo Vermelho, agrupação de negras e negros, impulsionada pelo MRT – Movimento Revolucionário de Trabalhadores, recém-lançada em São Paulo, e no Rio de Janeiro, participou na última sexta-feira, 24, de um dia de atividades sobre Consciência Negra na Escola Estadual San Diego, localizada na periferia de Campinas, para discutir com mais de 200 estudantes do ensino-médio o racismo profundamente presente nas relações e no cotidiano, questões de identidade e as cotas-raciais numa perspectiva de que é preciso ir além delas para que de fato o ensino superior público seja democrático numa sociedade que condensa em si tantas desigualdades como a nossa.

A professora de língua-portuguesa, Regiane Sousa, deu seu depoimento para o Esquerda Diário falando da importância desse debate para os estudantes:

“Uma semana antes da atividade realizamos um artigo sobre o dia da consciência negra, fizemos uma discussão buscando toda a história e contextualizando com a atual conjuntura. Foi muito importante a visita do Quilombo Vermelho, que trouxe uma rica reflexão do racismo institucional dentro e fora da universidade, a desigualdade social e a qualidade de ensino que exclui o jovens negros da periferia de muitas oportunidades. Colocar os alunos a refletirem sobre essas questões é fundamental para que eles possam questionar todo esse sistema, dessa forma possibilitando a eles serem mais críticos.”

Julia Silva e Guilherme Zanni, durante a discussão sobre racismo, identidade e cotas raciais.

Grupo de Capoeira que também participou das atividades na escola.

Guilherme – estudante de matemática na Unicamp e Julia – secundarista em Campinas com Regiane Souza – professora da escola.

A agrupação recém-lançada tem rodado as escolas à convite de professores e estudantes levando a discussão da necessidade da luta contra o racismo ligada a luta contra o Capitalismo, esse sistema que condensa na sua existência a exploração do conjunto dos trabalhadores e trabalhadoras, mas em especial dos negros e negras e de outros setores oprimidos, como as mulheres e os LGBTs, para melhor aumentar ainda mais seus lucros às custas de nossas vidas e outras discussões que perpassam a questão racial, como é o caso das cotas raciais que permearam o debate na E.E. San Diego.

Convidamos todas e todos a conhecerem mais do Quilombo Vermelho em nossa página no Facebook e também a participarem da Atividade de Apresentação e Discussão do Manifesto do Quilombo que será realizada esse domingo, 03/12, às 15h na Casa Rosa, Av. Anchieta, nº51, no centro de Campinas.




Tópicos relacionados

Quilombo Vermelho   /    Campinas

Comentários

Comentar