HISTÓRIA DA CLASSE OPERÁRIA NO BRASIL / DAS ORIGENS A 1922 /

Quando a classe operária parou SP: origens do proletariado brasileiro

Gilson Dantas

Brasília

quarta-feira 25 de abril| Edição do dia

Há 100 anos São Paulo parou, pela primeira grande ação histórica de grande porte deflagrada pela sua jovem classe trabalhadora, que tomou em suas mãos a cidade e, em seguida, várias capitais, como P Alegre, por exemplo.

Foi o primeiro grito e o desfechar de grandes combates que seguiram por mais três anos, capazes de mostrar à “república dos fazendeiros” que um novo sujeito político estava surgindo, a classe operária. O único capaz de barrar o custo social e humano de um sistema, o capitalista, onde a riqueza de meia dúzia de magnatas é construída com o roubo das horas de trabalho da grande maioria que tudo constrói e tudo levanta.

Este é o tema da palestra, abaixo, a primeira de uma série de três [realizadas na UnB] como parte de um curso sobre a formação e o desenvolvimento da classe trabalhadora no Brasil.

Na próxima aula, além da fase do Brasil getulista e populista até o golpe militar de 64, serão analisadas as lutas e derrotas de uma classe operária mais forte, mais consolidada e de mais peso social, agora sob a direção hegemônica do PCB. Também será realizada, no próximo dia 16/5, uma segunda palestra-debate sobre A questão negra na formação do proletariado brasileiro.

Nossa classe trabalhadora já foi capaz de levantar três grandes movimentos de base operária, o movimento anarco-sindicalista, de massas, depois dois partidos, o PCB e o PT [ambos de base operária, mas comprometidos por sua política de conciliação de classe].

O saldo é que o proletariado brasileiro revelou seu potencial histórico e político resistindo, a ferro e sangue, à burguesia. Sua trajetória, ontem como hoje, mostra a urgente necessidade de se construir uma direção política, classista, à altura de um proletariado de inegável tradição de luta, agora fazendo florescer e dar frutos, finalmente, seu potencial estratégico.

Confira a palestra inicial, no vídeo abaixo, de 1h e 10 minutos, que narra o período que vem do final do século XIX até a grande greve de 1917 e a fundação do PCB.




Tópicos relacionados

história do Brasil    /    Movimentos Sociais   /    Movimento Operário   /    História

Comentários

Comentar