Sociedade

INFLAÇÃO

Protesto em cartazes espalhados por SP denuncia o aumento do custo de vida: “Bolsocaro”

Cartazes do tipo “lambe lambe” foram espalhados em diversos pontos da cidade de São Paulo para denunciar a inflação dos alimentos e dos combustíveis. “Essa conta não é nossa”, dizem os cartazes. E de fato não é. A conta da crise é dos golpistas e dos capitalistas.

segunda-feira 1º de março| Edição do dia

Imagem: Bruno Torturra/Divulgação

Desde a última semana, estão circulando pela internet cartazes intitulados “Bolsocaro” que denunciam o escandaloso aumento no preço dos alimentos e dos combustíveis. Nas imagens, os preços expostos são: R$ 40 um pacote de 5kg de arroz; R$ 70/kg a carne; R$ 105 o botijão de gás; R$ 5,50 por litro de gasolina; e R$ 654 o preço da cesta básica.

Veja: AUMENTO DOS COMBUSTÍVEIS: Petroleiro explica os verdadeiros motivos pela alta de preços

A inflação é a mais alta dos últimos tempos e segue na contramão do aumento do desemprego e da miséria no país. Enquanto o custo de vida aumenta, diminui o número de famílias que conseguem arcar com os preços para viver minimamente bem. Desde o início da pandemia no Brasil, todos os governantes, seja Bolsonaro, Mourão ou os governadores e prefeitos, mantiveram a população trabalhadora e pobre na corda bamba entre a contaminação por COVID e a fome.

O novo auxílio emergencial que está sendo articulado irá atingir menos pessoas do que a primeira remessa de 2020 e também terá seu valor reduzido. Com a inflação lá em cima, os R$ 250 que está sendo pensado pelo governo federal e pelo conjunto dos golpistas não sustenta uma família nem por um único mês.

Os cartazes espalhados por SP bem dizem “essa conta não é nossa”. E de fato não é. A crise que estamos vivendo é fruto da ganância dos capitalistas, que querem cada vez mais lucro em detrimento da vida da maioria da população. O governo reacionário de Bolsonaro e Mourão, assim como o Congresso e o STF, está a serviço de encher o bolso de banqueiros e grandes empresários nacionais e internacionais enquanto aos trabalhadores destinam precarização da vida. Portanto, essa conta é de todos os golpistas e capitalistas, são eles que devem pagar pela crise e não a classe trabalhadora.

Veja vídeo de Letícia Parks, dirigente do Quilombo Vermelho e colunista do Esquerda Diário, sobre o aumento do preço dos combustíveis e dos alimentos:




Tópicos relacionados

Inflação nos alimentos   /    Golpistas   /    Governo Bolsonaro   /    Gás de cozinha    /    Petrobras   /    crise combustíveis   /    Crise capitalista   /    Inflação   /    Sociedade   /    São Paulo (capital)   /    Economia

Comentários

Comentar