Política

JUDICIÁRIO

Promotores da Lava Jato ameaçam renúncia caso aprovada medida anti abuso de autoridade do judiciário

Por conta da proposta de abuso de autoridade por parte dos juízes, procuradores da Lava Jato ameaçam publicamente abandonar a Operação.

quarta-feira 30 de novembro| Edição do dia

Depois da proposta contra o abuso de autoridade por parte de juízes ser inserida no texto das dez medidas contra a corrupção pela Câmara, os procuradores da Lava Jato disseram nesta quarta feira que podem renunciar coletivamente caso se esta medida entrar em vigor. De acordo com Carlos Fernando Lima, procurador da República ’’Vamos renunciar coletivamente á Lava Jato caso essa proposta seja sancionada pelo presidente’’.

Depois de aprovar por quase unanimidade o texto base do pacote de dez medidas anticorrupção do Ministério Público, a Câmara dos Deputados passou a madrugada desta quarta feira votando emendas e derrubando outras do pacote.

A primeira medida a ser tomada pelo os deputados foi incluir emenda com a possibilidade de punição de magistrados e integrantes do Ministério Público por crime de abuso de autoridade.

Este é mais um capitulo da crise política entre o Congresso e o Judiciário que estamos elaborando em diversos artigos no Esquerda Diário.




Tópicos relacionados

Operação Lava Jato   /    Poder judiciário   /    Política

Comentários

Comentar