Mundo Operário

Professores grevistas do Cristóvão de Mendoza organizam atividade com a comunidade escolar

A greve do magistério em Caxias do Sul segue com características auto organizativas e apoio da comunidade.

segunda-feira 18 de setembro| Edição do dia

Além das caminhadas pelos bairros Serrano e Cruzeiro hoje a tarde, às 18 horas a comunidade escolar do Cristóvão de Mendoza foi convidada pelos professores grevistas para um "chimarrão democrático", onde o objetivo foi explicar para os pais dos alunos os motivos da greve no marco da crise que ataca a classe trabalhadora de conjunto.

Alguns pais se manifestaram e expressaram total apoio a greve. A próxima proposta das professoras, professores e funcionárias é propor ao comando regional de greve uma campanha de doação de sangue para a semana que vem levantando a campanha: "Sartori quer o nosso sangue, mas nós vamos doar para quem precisa!"

Essa atividade além de abastecer os Hemocentros e Bancos de Sangue, irá dar visibilidade para as atividades da greve.

É preciso que o comando geral de greve organize e divulgue amplamente uma grande atividade coordenada trancando estradas em todo o estado, e/ou um ato unificado gigante em Porto Alegre para moralizar e demonstrar a força que se acumulou nesses dias de greve.




Tópicos relacionados

Rio Grande do Sul   /    Greve Professores RS   /    Caxias do Sul   /    Professores   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar