RIO GRANDE DO SUL

Professores e indígenas se reúnem no RS para discutir luta pela educação e demarcação

sexta-feira 3 de novembro| Edição do dia

Professores do 22 núcleo do Cpers (Sindicato dos Professores do Rio Grande do Sul) em plenária com os índios guaranis das aldeias da região de Viamão, Itapuã e Canta Galo, debatem questões de educação e situação das escolas indígenas.

A atividade acontece na área proxima a escola e estiveram presentes educadores de canoas, Gravataí, Cachoerinha e Alvorada. Karaí nhê’ e katu, da aldeia indígena local.

Além das questões da comunidade escolar das aldeias indígenas, se debateu sobre a atual situação dos povos guaranis, como demarcação de terras e o respeito aos povos indígenas.

Em falas emocionadas, professores, falam da luta pela unidade indígena na luta pela demarcação de terras, reforma agrária, saúde e educação de qualidade.

A atividade que se estende até as 17 horas conta tbm com apresentações da cultura indígena, com danças e cantos típicos, café da manhã, além de um delicioso almoço para os convidados.




Tópicos relacionados

luta indigena   /    resistência indígena   /    Greve Professores RS   /    Porto Alegre   /    Indígenas   /    Povos indígenas   /    Professores

Comentários

Comentar