Mundo Operário

Professores da rede municipal de Salvador há 8 dias em greve por melhores salários

Desde o dia 11 de julho que os professores municipais de salvador estão em greve por melhores salários, além do ajuste de 12,41% reivindicam melhorias no auxilio-alimentação e participação nas eleições para os diretores de escola.

quinta-feira 19 de julho| Edição do dia

Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia

Além de todos os ataques direcionados a educação desde o golpe, como a reforma do ensino médio e a lei da mordaça, os professores sofrem com baixos salários e situações precárias de trabalho, falta de materiais e infra-estrutura. A luta dos professores em Salvador que já dura 8 dias com atos e passeatas teve um novo episódio do dia de hoje.

Centenas de professores fizeram hoje uma caminhada saindo da Avenida Garibaldi em direção a Juracy Magalhães, trecho da Ceasa. A passeata começou após manifestação em Frente à Secretaria municipal de Educação. Os professores se reunirão em assembléia na próxima sexta (20).

Para alem das melhorias salariais os professores reivindicam participação nas eleições para os diretores, que hoje fica a cargo da secretaria de educação. Uma demanda básica democrática que está a cargo do prefeito que assim pode direcionar seus cargos de confiança e manter maior controle das escolas.


Foto: Divulgação/APLB

Sem ajuste salarial há três anos os professores soteropolitanos reivindicam um aumento de 12,41% em contraponto aos 2,5% que é a proposta da prefeitura, um aumento que não dialoga em nada nem com o aumento do salário mínimo de 4,6%, que ainda assim não chega nem perto do necessário pra uma vida digna.

Todo apoio a luta dos professores de Salvador.
Por melhores salários e autonomia escolar!




Tópicos relacionados

Greve   /    Professores   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar