Educação

Professores convocam protesto contra o ensino remoto e a reabertura das escolas

Protesto convocado pela Frente Contra o Ensino Remoto se dará hoje em frente a sede da SEEDUC, a partir das 10:00.

segunda-feira 28 de setembro| Edição do dia

Professores da rede estadual organizam hoje um ato contra os ataques a categoria e também contra a reabertura das escolas. Nós do esquerda diário apoiamos a luta dos professores contra as imposições arbitrárias da SEEDUC durante a pandemia, mas entendemos que a saída para a atual crise é um movimento maior da classe trabalhadora é capaz de questionar este regime apodrecido de conjunto e impor mudanças profundas na ordem das coisas.

Neste sentido é importante ressaltar que nas escolas é fundamental batalhar por um movimento que dialogue com as demandas de toda a comunidade escolar (professores, funcionários, estudantes e familiares), afim de produzir uma articulação que permita batalhar para que o poder de decidir quando e em que condições voltar não esteja mais nas mãos de um governo que a cada dia entra em um estado de decomposição maior, mas sim nas das comunidades escolares, organizadas de forma a fortalecerem os movimentos de professores e estudantes.

Leia mais: Não à reabertura das escolas! Por um plano emergencial imposto pelas comunidades escolares!

Reproduzimos abaixo a nota da Frente Contra o Ensino Remoto:

III MANIFESTAÇÃO CONTRA O ENSINO REMOTO NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Professoras/es funcionários/as, diretores/as, mães, pais, responsáveis e estudantes,

Estamos diante de um GOVERNO EM FRANGALHOS no Estado e no município do Rio de Janeiro, todos acusados de corrupção, bem como os seus sucessores. As Secretarias de Educação estão vazias de uma política que realmente se preocupe com o direito ao estudo e a aprendizagem de nossas crianças e juventudes.

Ignoram as valorosas vozes dos educadores, todas as suas denúncias sobre o fracasso do "ensino" remoto, e impõem a agenda de interesses dos grandes empresários, a quem mais vale o lucro que a vida, para a educação. Chantageiam as famílias, obrigando-as a assinar um termo optando pelo ensino remoto excludente ou pelo retorno das aulas presenciais, sem que haja qualquer condição de segurança sanitária para isso! Estão literalmente nos empurrando para um jogo de roleta russa, onde quem vai morrer inevitavelmente é um trabalhador ou um de seus filhos.

A todos eles no poder, diga-se de passagem, provisoriamente, questionamos:

Cadê o dinheiro da merenda para garantir cestas básicas de qualidade para todos os alunos?

Cadê os chips de internet e os computadores prometidos para a atividade remota?
Cadê o projeto pedagógico e cadê a infraestrutura necessários para o real aprendizado dos alunos?

E os equipamentos de proteção individual, tanto quanto água, sabão, álcool em gel, todos necessários a segurança sanitária das nossas comunidades escolares?

Será que o fracasso e o abandono da educação é na verdade um projeto bem sucedido de alienação e amansamento das juventudes?
E o abandono dos professores, com salários congelados há 6 anos? Estão incentivando a gente a desistir da luta em defesa da educação pública gratuita e que sirva ao povo cortando todos os nossos direitos?

Nós da Frente Contra o Ensino Remoto achamos que sim, e jamais permitiremos o avanço de tantos ataques!!!!

É preciso ousar lutar pelos nossos interesses, para que possamos vencer cada uma das nossas duras batalhas!

Por isso, convocamos a todas e todos das comunidades escolares e dos movimentos sociais em defesa da educação pública para o ato em frente da SEEDUC na segunda-feira (28/09) as 10h!

Levem cartazes, faixas e EPI’s!

Buscaremos organizar o ato de modo a garantir o distanciamento espacial necessário entre nós!

- Contra o ensino remoto e híbrido na educação!!!!

- Contra a avaliação e reprovação de nossos alunos! Pelo direito a recomeçar!!!!!

- Pelo cancelamento do ano letivo e pelo cancelamento do Enem!

- Contra qualquer ameaça de cancelamento da matrícula de nossos estudantes!

- Por reajuste salarial a todos os profissionais da educação e pelo direito ao 1/3 de planejamento!

- Por concurso público e abertura de escolas democráticas!

- Por eleição democrática para os diretores de escolas!

- Pela garantia a assistência alimentar através da entrega de cestas básicas para todos os nossos estudantes!

- Retornar às aulas apenas com segurança sanitária dentro e fora das escolas!

Frente Contra o Ensino Remoto/EAD na Educação Básica

Segunda feira, dia 28/09, na SEEDUC-RJ, 10 horas!

E #CancelaAnoLetivo!




Tópicos relacionados

Ensino à distância   /    Escolas   /    Educação   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar