Educação

PROFESSORES DE MG

Professora sofre na pele o atraso do salário do governo Pimentel em MG

Publicamos esta denúncia enviada ao Esquerda Diário por uma professora da rede estadual de Minas Gerais.

terça-feira 27 de março| Edição do dia

Publicamos abaixo a denúncia enviada por uma professora:

Acabei de sair com o carro do mecânico e ele precisa de um conserto urgente pois tá com problemas que podem resultar em um acidente grave. Eu preciso usar o carro todo dia pois trabalho em duas escolas e não tem a mínima possibilidade de ir de ônibus, pela distância, carrego muito material e não teria a passagem, q sai muito mais caro q a gasolina, e q o estado não fornece.

A moral da história é que, se eu tivesse recebido o pagamento pelos dias trabalhados em fevereiro integralmente eu teria a grana pra esse conserto, mas o governo petista de Fernando Pimentel pagou somente o salário de uma escola. O que eu receberia da outra escola, pasmem, é a quantia exata do valor do conserto do carro.

Só quero deixar bem claro que se eu não conseguir me virar essa grana (porque a vida de professor nesse estado tem sido isso, se virar grana pra uma coisa ou outra) e tiver q esperar abril ou até mesmo maio como pode vir a acontecer, e eu sofrer um acidente dirigindo esse carro, a culpa é do governo petista de Fernando Pimentel e de toda a precarização que ele impõe aos trabalhadores da educação enquanto mantém os privilégios de políticos e prioriza o salvamento de banqueiros, empresários e colabora no enriquecimento astronômico das mineradoras.

E digo mais, governo do PT não é governo para os trabalhadores.

FOTO: Manoel Marques/Imprensa MG




Tópicos relacionados

Minas Gerais   /    Educação   /    Professores   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar