Cultura

CULTURA

Pretas Peri Outubro de 2016

Dia 30 de outubro que será o próximo sarau, um evento especial em comemoração aos 2 anos do Coletivo Pretas Peri

terça-feira 25 de outubro| Edição do dia

Pretas Peri é um coletivo de Mulheres pretas que desenvolvem diversas ações na zona leste periferia de São Paulo como saraus, oficinas , debates e mostra artística.
A principal ação é o Sarau fixo que acontece todo último domingo do mês no jardim Camargo velho- Itaim paulista, zona leste, com microfone aberto para intervenções artísticas e tem como proposta valorizar e fortalecer a arte periférica.

Poetas Residentes: Jô Freitas, Juliana Jesus, Tayla Fernandes e Janaina Cintia

O coletivo Pretas peri completa 2 anos no mês de setembro mas irá comemorar e soprar velas em outubro com muitas atividades a céu aberto. Em 2014 num terreno baldio nasce o coletivo inicialmente encabeçado pela atriz e poeta Jô Freitas na qual realizava uma ocupação artística com grupos teatrais parceiros levando teatro todo mês para esta pseudo praça ( assim era chamado o terreno baldio ocupado pela artista), após alguns meses chegam as integrantes Juliana Jesus, Janaina Cintia e Tayla Fernandes, quando se inicia uma luta junto com a comunidade para construir uma praça neste terreno baldio, em novembro de 2015 conquistam a praça através da luta e cobrança feita a subprefeitura. Desde então o bairro do Jardim Camargo velho onde nunca havia tido apresentações e tinha como cenário um terreno baldio cheio de entulho, hoje, pela conquista da comunidade, o cenário periférico muda e toma mais cara de quilombo, não só pela estética, mas também pelo encontro entre moradores que acontece no sarau. Durante estes 2 anos contaram com apoio da comunidade e muitos artistas periféricos para que acontecesse e se fortalecesse cada vez mais e neste mês de outubro irão celebrar a arte periférica, o empoderamento de mulheres periféricas e sobre tudo o resgate da nossa ancestralidade vinda de quilombos, hoje nossa periferia.

Este sarau é organizado por Jô Freitas atriz e poeta, Juliana de Jesus Dançarina e poeta, Janaina Cintia Pedagoga e Tayla Fernandes Atriz e poeta, todas moradoras da zona leste, atuantes e militantes da arte periférica na zona leste a muitos anos, neste mês não são apenas elas que comemoram, mas sim uma quebrada inteira que se fortalece com os encontros e a celebração de resistir a cada dia.

Programação

14hrs as 16h00 - Oficina de composição de poemas curtos com Brevescrita
Pintura e brincadeira para as crianças com Princiane Lucio
16hrs as 17hrs- Banda Pensamentos Libertinos
17h-Apresentação da peça Homens de Saia do coletivo Bixo Solto
17h30- Coletivo Acuenda realizando o Cabaret D’ÁGUA
18hrs- Abertura do sarau com Oro dun aye— A palavra, o som e o mundo de Luiz Carlos Garcia
(Microfone aberto)
Lançamento do livro- Mania de Mariana Felix
Intervenção com Ashanti
Varal de Poesias
de Andreza Alves, Samara Silva de Oliveira, Andreia Rosa e Agathá D’Oliveira
21hrs- show com Clarianas- Clariô

Contato: pretasperi@gmail.com
Pagina: Pretas Peri

Endereço: como chegar: Descer na estação Itaim Paulista, pegar o ônibus na marechal tito, 2766 jardim Camargo velho e descer no ponto final.
Ou descer na estação de Guaianazes e pegar a perua Jd. Lurdes, descer na fabrica Coca Cola, próximo ao ponto final Camargo Velho.
Ambos dá na rua Manoel Alvares Pimentel, descer a rua e lá estará noix na praça.




Tópicos relacionados

São Paulo (capital)   /    Cultura

Comentários

Comentar