Juventude

POESIA

Preparem-se pra colisão.

Manobra golpista vai afogar os direitos constitucionais.

sábado 12 de novembro| Edição do dia

essa é apenas a ponta do iceberg.
se você não consegue ver o perigo que se enconde
abaixo da superfície dos jornais,
sinto muito, mas chegou a hora de abrir os olhos e se mover

ainda decidem o que é melhor pra nós,
não perguntando pra nós.
eles, simplesmente, impõem.
a votação é quase uma fachada, pra dizer que aqui existe ares de democracia.
na verdade, a gente sabe que pra eles, o número de vidas afetadas é uma quantidade abstrata.
é abstração pensar que a flexibilização dos direitos trabalhistas vai pesar,
pesar pra quem? na cabeça deles não. é abstrato.
o trabalhador é marcado a ferro e fogo pelas manobras do governo,
o trabalhador dá muito do seu tempo, porém, o dinheiro é pouco.
ele se retorce pra pagar as contas no final do mês
e recebe a notícia do parcelamento do salário
e se fica doente, espera na fila
e se quer estudar em universidade, o dinheiro não dá, o vestibular não dá.. acesso.
e sem os prouni e o fies, não vai ter como.

e os moradores de rua...
colocados na condição de não-cidadãos,
logo ninguém se lembra deles na constituição.

a mulher trabalhadora que sofre racismo, que sofre opressão, que tem que chegar em casa e, ainda, se
responsabilizar por todas tarefas domésticas,
também não sente na pele o toque das cifras,
sente na pele o toque da desigualdade.

o leme do navio começou a nortear,
para um horizonte que não tem previsão de melhorar
o capitalismo se personificando, revelando-se através
da privação de nossos direitos
direitos de ter acesso à educação pública,
através de programas que promovem o ingresso de pretos e pobres

estamos vivos ainda,
mas temos que ficar à mercê de um sistema de saúde precarizado

a vida do negro importa, importa pra temers e trumps? a resposta é não.
a privatização das cadeias nos EUA rende muito dinheiro. Victoria’s Secret,
Microsoft... são algumas das marcas que se beneficiam da mão de obra gratuita de encarcerados.
segundo Motta, precisamos de mais cadeias, precisamos de sistemas prisionais eficientes,
vamos até regredir totalmente e começar a enforcar pessoas que estão em situação de criminalidade e violência.
uma vez que, a sociedade é a real culpada. Ela não é a vítima. Ela é a causa.
saiu um dado, dizendo que o Brasil gasta com presos quase o triplo do que gasta com estudantes,
e Darcy Ribeiro, já dizia nos anos 80, se o Brasil não investir na criação de escolas agora, daqui a vinte anos não vai ter dinheiro suficiente para criar cadeias.
Então, chega mais, chega mais.
Educação e presídios tem tudo a ver.
Quem tá preso, muitas vezes, não tem grana pra advogado,
não tem grana pra fiança, não tem conhecimento sobre seus direitos
e o sistema prisional
se alimenta dessas pessoas, come elas vivas.
E os portões se abrem e a vida aqui fora exclui.
e a educação muda vidas, sim.

a pec 241/ pec 55 não pode ser um marco de mudança no nosso país,
não pode ser aprovada, não vai ser aprovada!
o golpe é o capitalismo, minha gente. a revolução é a saída.
Os políticos são fantoches.

estudantes, todo mundo! vamos ocupar as universidades, escolas, vamos ocupar as ruas,
vamos nos unir com a classe operária, que será afetada tanto ou mais do que nós.

greve geral, vamos parar esse país!

o povo tem a força pra alterar os rumos do Brasil,
mas o povo tem que saber que procrastinar não é uma boa ideia,
quem tem pressa, pode até encontrar uns percalços pelo caminho,
e não alcançar o destino, no tempo desejado.
mas quem tem dinheiro, com certeza é atendido...

foto de capa: Gustavo Mansur




Tópicos relacionados

Porto Alegre   /    Poesia   /    Juventude

Comentários

Comentar