VENEZUELANOS NO BRASIL

Prefeito de Pacaraima (RR) já atropelou crianças venezuelanas

Recentes escândalos de ataques violentos aos venezuelanos no Brasil tem dado destaque às políticas xenófobas do prefeito de Pacaraima (RR) e trouxe à tona caso de ano passado em que atropela duas crianças venezuelanas.

terça-feira 21 de agosto| Edição do dia

Recentes escândalos envolvendo venezuelanos no Brasil tem dado destaque às políticas de xenofobia da governadora de Roraima, Suely Campos (PP) e do prefeito de Pacaraima Juliano Torquato (PRB), cidade que faz divisa com a Venezuela.

A governadora pediu medidas do Judiciário e do governo para impedir o direito dos venezuelanos de se instalar no país, com justificativas fajutas de impedir conflitos.
http://www.esquerdadiario.com.br/Governo-de-RR-pede-ao-STF-barreira-xenofoba-contra-entrada-de-venezuelanos

Com os escândalos devido à xenofobia impulsionada e incentivada pelo governo de Roraima, voltou à tona na mídia um caso em que o atual prefeito de Pacaraima atropelou duas crianças venezuelanas no ano passado. As crianças brincavam de bicicleta, e uma das vítimas ficou em estado grave.
Em um primeiro momento, era muito incerto afirmar que se tratava de um caso de xenofobia. Entretanto, com as recentes ações do governo e prefeitura em questão, fica evidente que, para ambos, os venezuelanos não são bem vindos e isso levanta de maneira mais forte a hipótese de que tenha realmente sido uma ação - e não um acidente - provocada por conta da xenofobia do prefeito.

É preciso imediatamente dar condições aos venezuelanos para que fiquem, colocando fim às políticas xenófobas do governo de Roraima e prefeitura de Pacaraima. Os venezuelanos devem ter liberdade para transitar e se instalar em qualquer cidade do país, e garantidos seus direitos básicos à saúde (tratamento médico e medicamentos), educação (infantil de jovens e adultos) e transporte de maneira gratuita.

Essa é uma batalha de toda a esquerda brasileira contra a xenofobia, é também batalha dos sindicatos e centrais sindicais junto aos organismos de direitos humanos.




Tópicos relacionados

Imigrantes   /    Xenofobia   /    Venezuela

Comentários

Comentar