Por usar vermelho, jovem é ameaçado por bolsonarista com arma de fogo no DF

quinta-feira 1º de novembro| Edição do dia

Na última terça-feira (30), um jovem, do Distrito Federal, sofreu ameças com arma de fogo próximo a sua casa, sendo chamado de "petista e viado" por estar usando vermelho.

Com a legitimidade dada pelo discurso de Jair Bolsonaro, alguns bolsonaristas, nos últimos meses, vem se sentindo mais a vontade para disseminar seus discursos de ódio e ameças.

“Quem me conhece sabe que toda manhã eu ando 30 minutos até a estação de metrô, raras são as vezes que pego Uber até lá, até porque sempre gostei de andar. Ontem a 5 minutos da minha casa, fui abordado, empurrado e depois com uma arma na cabeça, humilhado", disse o jovem Onassis Vinícius, em sua conta no Instagram.

Além das ameças com arma de fogo, o garoto foi coagido a tentar desistir da denúncia na delegacia. A polícia, que em diversos casos veio se mostrando uma fiel seguidora de Bolsonaro, demonstrou mais uma vez que para combater as ameças bolsonaristas só podemos confiar em nossas próprias forças e na organização dos trabalhadores e jovens.

"Quando fui na delegacia, além de tentarem me fazer DESISTIR de fazer a ocorrência, ainda foi me dito que nada poderia ser feito, tudo isso acompanhado do fato de que se negaram a por toda a descrição que eu fiz, eu corri 15 minutos com um rosto gravado em minha mente, somente para descobrir que de nada seria útil. O agente em questão, me disse que SEM O NOME eles não tinham como intimar nem nada, agora me diz, como vou saber o nome de um imbecil que me derrubou, colocou uma arma na cabeça, me fez ajoelhar e depois correr?! Isso é IMPOSSÍVEL."

Quando não resultando em mortes, como a do mestre Moa do Katendê, os discursos do novo presidente de extrema direita, serve de "salvo-conduto" para toda violência de seus seguidores contra seus opositores. Por isso, para enfrentar os ataques do novo presidente capitão é preciso organizar milhares de comitês de luta em cada local de trabalho e estudo, que enfrente cada ataque de Bolsonaro contra os trabalhadores e as ameaças de seus seguidores de extrema direita.




Tópicos relacionados

Comitês contra Bolsonaro   /    Bolsonaro

Comentários

Comentar