INTERVENÇÃO FEDERAL NO RIO DE JANEIRO

Policiais na Maré atiram em crianças e mulheres para dispersar manifestação

No marco da operação do Exército e da PMERJ na Maré, no Complexo do Alemão e na Penha que deixou 11 vítimas fatais, um grupo de mulheres crianças, moradores da Maré que protestava contra os policiais foi dispersado pelos PMs com tiros.

Juan Chirioca

RIO DE JANEIRO

terça-feira 21 de agosto| Edição do dia

Mais um caso que mostra o caráter reacionário da intervenção federal na cidade do Rio de Janeiro. Na segunda-feira 20/07, no marco da operação do Exército e da PMERJ na Maré, no Complexo do Alemão ena Penha que deixou 11 vítimas fatais, um grupo de moradores da comunidade Nova Holanda, principalmente mulheres e crianças foram dispersados com tiros pelos policiais.

Confira no vídeo

No meio às campanhas eleitorais e no aprofundamento da crise econômica e social, longe de resolver o problema da violência, a intervenção federal no Rio de Janeiro só tende ao aumento da violência e às mortes em mãos da polícia nas favelas da cidade.

O profundo problema da violência no Rio de Janeiro só será resolvido com a geração de mais emprego e educação, e não com mais policiamento, e isso fica claro após cada uma dessas brutais ações das polícias.




Tópicos relacionados

Intervenção Federal   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar