CRISE NO GOVERNO TEMER

Polícia reprime com violência manifestantes contra Temer no Planalto

quarta-feira 17 de maio| Edição do dia

Foto: TV Globo/Reprodução

Após vir à tona as denúncias feitas na delação de Joesley Batista de que Temer teria comprado o silêncio de Cunha, um grupo de manifestantes se reuniu em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília. A polícia dispersou o grupo com repressão.

Algumas dezenas de manifestantes, pelo que se pode ver nas imagens, se reuniram em frente ao Palácio. Até às 22h a manifestação ocorria tranquilamente, quando a polícia decidiu reprimir com o uso de spray de pimenta, obrigando que os que participavam do ato a recuarem até a Praça dos Três Poderes.

Até mesmo o exército foi usado na repressão, se posicionando ao redor do prédio para conter o avanço dos manifestantes.

Mesmo em um momento em que vem à tona o escandaloso caso de pagamento de propina por parte do presidente, a polícia continua utilizando seus métodos criminosos de repressão contra os que se colocam nas ruas contra esse governo golpista.




Comentários

Comentar