Gênero e sexualidade

8M -CAMPINAS

Polícia prende uma mulher em luta no 8M de Campinas

quinta-feira 8 de março| Edição do dia

Atualizado 21:10h

Nesse 8 de março, as mulheres de Campinas saíram às ruas pela segunda vez. Dessa vez, em um cenário de avanço do golpe por parte do Judiciário e da Intervenção Federal no RJ, a polícia ousou reprimir e prendeu uma mulher no seu dia de luta.

A polícia parou uma manifestante durante a passeata e a levou presa para a delegacia, não sem as demais mulheres tentarem impedir tamanho absurdo, aos gritos de "pelo fim da Polícia Militar" e "nenhuma mulher fica para trás", enquanto paravam o ato em frente a viatura.

Em seguida a polícia tentou impedir a continuidade do ato, ameaçando reprimir ainda mais as mulheres nesse dia tradicional de luta. Após a viatura encontrar saída, as mulheres dirigiram o ato até a delegacia na rua Andrade Neves.

Por fim, as mulheres continuaram o ato na delegacia exigindo liberdade à manifestante. "Nem uma a menos"!

Vejam também algumas imagens da manifestação, anteriores à repressão. No vídeo, o bloco do Pão e Rosas, contra o avanço do golpe, a reforma trabalhista e pelo direito das mulheres




Tópicos relacionados

8M2018   /    Mulheres   /    Repressão   /    Violência Policial   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar