Juventude

SANTOS/SP

Polícia invade e reprime festa universitária em Santos

quarta-feira 15 de novembro| Edição do dia

Na madrugada desta quarta-feira (15), em frente a uma universidade particular de Santos, a PM invadiu festa feita por estudantes da Unisanta. A festa acontecia em comemoração à formatura de vários estudantes e nas vésperas do feriado, os estudantes fecharam a rua, ocupando o espaço público. Com policiais munidos de escudos, bombas de efeito moral e de luz invadi a festa reprimindo todos.

Mostrando sua cara repressiva, o cenário cultural no país está cada vez sendo mais atacado pelo conservadorismo. Desde o fechamento de museus com temáticas LGBTs até o projeto da cura gay, e o ataque à arte em todo o país, em especial em São Paulo, a repressão das festas vem como consequência de todo esse conservadorismo.

Os golpistas querem que trabalhemos até morrer, sem viver e com lazer apenas para os mais ricos. Que a juventude e a classe trabalhadora possa ter direito à cidade de fato, e espaços de vivência e lazer públicos.




Tópicos relacionados

Repressão   /    Juventude

Comentários

Comentar