Sociedade

REMOÇÃO DE MORADORES

Polícia destrói casas e reprime moradores em Vila Moraes, São Bernardo do Campo

terça-feira 28 de novembro| Edição do dia

A prefeitura de São Bernardo do Campo está levando adiante uma repressão brutal contra os moradores da Vila Moraes, destruindo suas casas e removendo os moradores com a força policial, no dia de hoje (28). Publicamos estas imagens do ocorrido, através de denúncia que recebemos na redação do Esquerda Diário na tarde de hoje. Segue abaixo a denúncia.





Reproduzimos abaixo o comunicado do Projeto Alma sobre a remoção de moradores está ocorrendo neste momento na Vila Moraes:

REPRESSÃO POLICIAL NESTE MOMENTO. ORLANDO ROUBANDO FAZENDO ACONTECER CONTRA O POVO!

Como podemos ajudar?

+ Divulguem em todas as redes, falem sobre, impactem as pessoas do seu círculo
+ Entrem em contato com pessoas que possam contribuir de alguma maneira (advogados, jornalistas, veículos de mídia)

É HORA DE UNIÃO, E DE LUTA!

ESTÁ ACONTECENDO NESTE MOMENTO UMA REPRESSÃO POLICIAL NA VILA MORAES.

A comunidade em que nós do Projeto Alma atuamos, junto com outros parceiros, como a TETO está sofrendo um processo de remoção.

Mesmo com a suspensão da desocupação (sob a argumentação de haver pessoas ocupando o local por muitos anos), realizada no início do mês, no dia seguinte, após o Ministério Público contra-argumentar que aquelas famílias não seriam pessoas que residem há décadas na área, uma juíza alterou a liminar, impedindo a desocupação APENAS para as famílias que possuem cadastro na Prefeitura.

O problema é que o cadastro está errado e desatualizado e, MESMO SABENDO DISSO, a prefeitura está lá removendo as famílias. Logo, há famílias a mais de um ano e um dia (que traz uma garantia maior de posse) sendo removidas injustamente.

AS FAMÍLIAS ESTÃO SENDO REMOVIDAS NESSE MOMENTO, os caminhões da Prefeitura Municipal de São Bernando do Campo estão no local dando continuidade ao processo.

NÃO PODEMOS SER INDIFERENTES QUANTO À ISSO!
AJUDEM-NOS A DIVULGAR, E FAÇAM BARULHO PARA QUE A VILA NÃO SEJA REMOVIDA

SOBRE A VILA MORAES:

A Vila Moraes tem mais de 50 anos. Os primeiros moradores se viram obrigados a ocupar o local após serem despejados de uma antiga favela chamada ‘Matão’. Por se tratar de uma área de proteção ambiental, de muita mata e próxima a um manancial, os primeiros moradores criavam porcos e galinhas, além de cultivarem diversos alimentos. A comunidade dispõe de uma associação de moradores, que conta, inclusive, com uma sede, onde são realizadas reuniões, assembléias e eventos.

Eventos esses em parcerias com o Projeto Alma, que desde o ano de 2014 procura por meio da EDUCAÇÃO, ARTE E CULTURA a inclusão e o emponderamento da comunidade.

NOS AJUDEM A DIVULGAR E IMPEDIR QUE CENTENAS DE FAMÍLIAS, COM CRIANÇAS E IDOSOS FIQUEM SEM LAR!




Tópicos relacionados

Moradia   /    Sociedade   /    Violência Policial

Comentários

Comentar