Internacional

COLETES AMARELOS

Polícia de Macron reprime violentamente estudantes e 700 vão presos

Após o quarto dia seguido de protestos de estudantes franceses, mais de 700 estudantes foram presos segundo a France Press.

quinta-feira 6 de dezembro| Edição do dia

Após a crise aberta com os Coletes Amarelos, os estudantes tem entrado em massa na luta. Na segunda, vários estudantes secundaristas fizeram manifestações e ocuparam escolas. Durante a semana, mais secundaristas foram se somando a luta em toda a frança, além de várias universidades. No dia de hoje, houve vários protestos dos estudantes por toda a França e o governo francês instaurou uma repressão absurda, prendendo 700 estudantes.

Ver também: França: Coletes Amarelos e os elementos pré-revolucionários da situação

Além da movimentação geral instaurada na França pelos Coletes Amarelos, os estudantes tem também uma pauta própria. Um dos planos do governo Macri é passar uma reforma universitária, que não apenas dificulta o acesso às universidades como também aumenta o preço das mensalidades das universidades públicas.

Ver tamém: Os "coletes amarelos" respondem a Macron: "Nós não queremos migalhas, queremos a baguete"

Não é a primeira medida dessa contra o movimento. Nesta semana, alguns dos manifestantes presos foram condenados. Apesar disso, a manifestação de sábado continua confirmada. Além dos estudantes, alguns sindicatos já estão declarando que vão se juntar a mobilização.

Ver também: França: por uma greve geral para destituir Macron e instaurar uma Câmara Única

Veja um vídeo absurdo da atuação da polícia contra os estudantes:




Tópicos relacionados

coletes amarelos   /    Emmanuel Macron   /    Internacional

Comentários

Comentar