Teoria

PODCAST FEMINISMO & MARXISMO

Podcast Feminismo & Marxismo Especial Lutadoras Flora Tristán: obras citadas no episódio 11

Bom dia, boa noite, boa tarde! Nesta matéria compilamos as obras e materiais citados no segundo episódio especial Lutadoras. Flora Tristán, predecessora de Karl Marx, mas suas ideias seguem atuais.

segunda-feira 4 de maio| Edição do dia

Bom dia, boa noite, boa tarde! Conforme anunciamos, o último podcast de cada mês será dedicado a contar a história de grandes lutadoras. Neste episódio, saberemos mais sobre Flora Tristán. Citada pelo próprio Karl Marx como “uma precursora de ideias altamente nobres", Flora nasceu em 1803, na França, momento em que era levantado “Liberdade, igualdade, fraternidade, solidariedade". Ela saiu pela Europa, com seu livro escrito em apenas 6 semanas, lendo para os operários analfabetos sobre a necessidade da união internacional operária para a transformação da sociedade e fim da exploração. Flora também foi precursora no que chamamos hoje de feminismo socialista, pois elaborou sobre a relação entre opressão e exploração. “A mulher é a operária do operário”.

As ideias de Flora continuam atualíssimas, pois a ideia patriarcal de submissão das mulheres sobre os homens é parte do programa de governo no Brasil, com Bolsonaro a frente” afirma Diana Assunção no episódio.

Abaixo, compilamos as obras e outros importantes materiais citados por Diana Assunção, Natália Alfonso e Marie Castañeda.

El Martillo y la Rosa - Flora Tristán publicado pelas Edições IPS, da Argentina (2019)

O livro é uma antologia de seus principais textos. Nele, se discute como enfrentar o machismo, e relação entre a luta das mulheres e a luta de classes, sobre o matrimônio e opressão, questão latente na vida de Flora Tristán que sofreu violência física machista de seu marido e mais.

União Operária - Flora Tristán - Expressão Popular

“A libertação dos trabalhadores será obra dos próprios trabalhadores”

Em seu mais importante livro, encontramos sua reconhecida análise do estatuto de pária das mulheres. Nele, a autora formula a ideia de uma união universal dos operários e operárias aos quais ela convida a se organizar em dimensão internacional. Alguns anos depois, conheceremos o Manifesto Comunista de Karl Marx e Friederich Engels, que vão dizer: “operários de todo o mundo: uni-vos!”

Peregrinações de uma Pária - Flora Tristán

O presente livro é relato de viagem, mas também o relato das lutas de uma mulher independente em uma sociedade onde machista e conservadora. A primeira edição deste livro apareceu em 1838, em Paris. Um interessante testemunho através do olhar de uma europeia sobre um país da América Latina, no século XIX. Pode ser encontrado em PDF, apenas em francês.

Flora Tristan: jornalismo militante em tempo de revoltas - Maria Inês Amarante

O artigo, fruto de uma pesquisa bibliográfica e documental, apresenta o itinerário de Flora Tristan e sua inserção no jornalismo da época, na primeira metade do século 19. Procura-se mostrar diversos aspectos da condição feminina na sociedade francesa em transformação pós-revolucionária e no início da Revolução Industrial, o pensamento de seus teóricos mais relevantes e a vivência da autora diante dessa realidade. Disponível aqui

Lutadoras - org. Andrea D’Atri e Diana Assunção - Editora Iskra

Compilado de textos sobre história de mulheres que fizeram história: as lutadoras.

Até a próxima! Curtam e compartilhem!




Tópicos relacionados

Pão e Rosas   /    Feminismo   /    PODCAST   /    Marxismo   /    Teoria   /    Política   /    Gênero e sexualidade   /    Mundo Operário   /    Internacional

Comentários

Comentar