Educação

CAXIAS DO SUL

Pioneiro mente sobre greve de professores na serra

Jornal Pioneiro, de Caxias do Sul, mente sobre força da greve dos professores na cidade. Diz que são apenas 19 escolas afetadas, quando na verdade quase a totalidade das 56 escolas da cidade estão parcial ou totalmente paralisadas.

terça-feira 19 de setembro| Edição do dia

Na edição dessa terça-feira (19), o jornal Pioneiro, do grupo RBS, divulgou em sua capa que apenas 19 escolas estariam de greve, o número é bem maior.

A manchete diz que de acordo com a 4ª CRE, que abrange também as cidades próximas, apenas 19 escolas aderiram a greve. Na verdade a adesão é de cerca de 40 das 56 escolas só em Caxias do Sul, entre paralisações totais e parciais, sem contar das cidades próximas, como afirma membros do comando de greve da cidade.

Essas informações distorcidas expõe a tentativa da mídia de mascarar o peso e massividade dessa greve que é a maior desde 2015, com amplo apoio dos alunos e comunidades escolares. Dessa forma, o Pioneiro mente para a população e se alinha com o governador do estado contra os professores que estão recebendo salário parcelado há mais de 20 meses.

Abaixo algumas das muitas atividades feitas pelos professores em greve e comunidade escolar contra o governador, veiculadas pelo Esquerda Diário:

- Grito dos Excluídos, no 7 de Setembro, dois dias depois de deflagrada a greve, reúne inúmeros professores e estudantes para protestar contra Sartori em Caxias do Sul

- Aqui matéria sobre bairros operários em Caxias organizando ato em apoio à greve

- Aqui matéria sobre atividade de greve na maior escola da cidade, paralisada totalmente no momento, o Cristóvão de Mendoza

- Estudantes e professores unificam atos em Caxias do Sul

Abaixo, foto retirada de escola em Caxias do Sul, com lista parcial da quantidade de escolas paradas de uns dias atrás:

Ademais, a greve segue forte em Caxias do Sul e no restante do estado.

Leia mais sobre a greve aqui




Tópicos relacionados

Tv Globo   /    Mídia   /    Sartori   /    Greve Professores RS   /    Caxias do Sul   /    Crise gaúcha   /    Educação

Comentários

Comentar