VELHOS FANTASMAS QUE VOLTAM

Piada pronta: Collor anuncia pré-candidatura a Presidência novamente

sexta-feira 19 de janeiro| Edição do dia

Imagem: UOL Educação

É possível enxergar a decadência de um regime quando velhas figuras, já envelhecidas nas páginas da histórias reemergem como novas soluções para velhos problemas. É o caso do mais novo velho candidato presidente, Fernando Collor e seu retorno no desmoronante prédio da republica instaurada em 89.

Fernando Collor (PTC) divulgou em evento na cidade Arapiraca em Alagoas de que será candidato a presidência em 2018. — Por isso, eu digo a vocês que esse é um momento dos mais importantes da minha vida, como pessoa e como homem público, porque hoje minha decisão foi tomada. Sou, sim, pré-candidato à Presidência da República. Obrigado, e vamos à vitória — diz o senador no vídeo divulgado pelo site TNH1 (aqui).

Daniel Tourinho, presidente do partido, afirma que a ideia da candidatura partiu da legenda, e conta que Collor demorou alguns meses para aceitar a proposta. O PTC atual partido de Collor se originou do PRN, pelo qual Collor se elegeu presidente em 1989.

Em matéria ao Globo, o presidente do partido afirmou que Collor está animado: — O partido vem insistindo, desde agosto do ano passado, para ele se lançar candidato. Ele falou que ia pensar, e a conversa evoluiu. Ele está bastante animado. Acreditamos que vai ser uma candidatura exitosa — avalia.

Perfil

Começou a política no ARENA em 1979 sendo prefeito de Maceió e deputado federal em 1982, mas é conhecido mesmo por encerrar 920 mil postos de trabalho em 1990 e elevar a inflação a 1200% e por sequestrar as poupanças de todos quando era presidente, junto, é claro, ao escândalo de corrupção com seu tesoureiro Paulo César Farias com a denúncia feita pelo próprio irmão de Collor. Este filhote da ditadura está aí até hoje, sendo Senador.




Tópicos relacionados

Crise política   /    Eleições 2018   /    Capitalismo   /    Crise mundial

Comentários

Comentar