Pezão perdoa policiais acusados de serem milicianos, e voltam a atuar na Policia Civil

Dois inspetores acusados de integrar a milícia são reincorporados.

segunda-feira 10 de setembro| Edição do dia

No meio da Intervenção Federal, com o número de mortos pela polícia batendo recorde, o governador Pezão mostra como está se lixando para os trabalhadores e resolve reincorporar a polícia civil dois inspetores acusados de integrar a milícia da favela Roquete Pinto, em Ramos.

Os policiais são os irmãos Christiano Gaspar Fernandes e Giovanni Gaspar Fernandes, demitidos em 2016. O governador não se pronunciou sobre o caso, pois essa decisão contraria até um parecer da CGU. A decisão surpreendeu até mesmo os generais do gabinete da intervenção federal.




Tópicos relacionados

Intervenção Federal   /    Luiz Fernando Pezão   /    Violência Policial

Comentários

Comentar