Política

PROVOCAÇÃO

Pezão entregou milhões para a Oi e a Claro na véspera de votar seu pacote

Carolina Cacau

Foi candidata a vereadora do MRT em 2016, é estudante da UERJ e professora da rede estadual.

terça-feira 7 de fevereiro de 2017| Edição do dia

No dia 24 de janeiro Pezão concedeu uma isenção fiscal de 8 milhões de reais à bilionária empresa de telefonia Claro. No mês passado, no dia 24 foram R$ 8,32 milhões para a OI. Essa informação foi publicada pelo jornal O Dia.

É uma provocação com os trabalhadores da CEDAE que sofrem a ameaça de privatização da empresa de águas, com o funcionalismo com o salário atrasado, com a UERJ em crise, com cada carioca que padece de uma saúde cada dia mais precária, sofre com os restaurantes populares fechados.

Dão isenção fiscal às empresas enquanto justificam todo seu pacote de maldades por falta de dinheiro. A resposta à crise não está no pacote, na privatização da CEDAE mas na luta pelo não pagamento da dívida, por impostos às grandes fortunas.

Com a raiva de mais uma notícia dos favores de Pezão aos empresários hoje vamos às ruas. Não à privatização da CEDAE! Não ao pacote de Pezão e Temer!




Tópicos relacionados

CEDAE   /    Luiz Fernando Pezão   /    Luta contra os ajustes   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar