Política

LAVA-JATO

Pezão é preso em novo avanço da operação lava-jato no Rio de Janeiro

O Governador do Rio de Janeiro foi acusado de montar esquema próprio de financiamento. O pedido foi feito pela procuradora geral da união, Raquel Dodge, e expedido pelo tribunal superior de justiça, tendo como relator o ministro Félix Fischer.

quinta-feira 29 de novembro| Edição do dia

Foto: Severino Silva / agência O Dia

A polícia federal executou o pedido de prisão preventiva no palácio das laranjeiras hoje, 29 de novembro, por volta das 6 horas da manhã, e o governador chegou a sede da PF por volta das 7:50. Ele foi acusado de receber 25 milhões indevidamente entre 2007 e 2015. De acordo com a procuradora Raquel Dodge "o governador integra o núcleo político de uma organização criminosa que, ao longo dos últimos anos, cometeu vários crimes contra a administração pública, com destaque para a corrupção e lavagem de dinheiro".

Além desta, foram realizadas outras oito prisões preventivas nesta manhã: José Iran Peixoto Júnior, secretário de obras, Affonso Henriques Monnerat Alves Da Cruz, secretário de governo, Luiz Carlos Vidal Barroso, servidor da secretaria da casa civil e desenvolvimento econômico, Marcelo Santos Amorim, sobrinho do governador, Cláudio Fernandes Vidal, sócio da J.R.O pavimentação, Luiz Alberto Gomes Gonçalves, sócio da J.R.O pavimentação, Luis Fernando Craveiro De Amorim, sócio da High Control, César Augusto Craveiro De Amorim, sócio da High Control.

Também estão sendo cumpridos 30 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a 11 pessoas físicas e jurídicas, bem como o sequestro de bens dos envolvidos até o valor de 39 milhões de reais.

Esta é mais uma manobra que permite o avanço do autoritarismo do judiciário no estado do Rio de Janeiro, que com isto já prendeu os quatro últimos governadores do estado. Acompanhe o Esquerda Diário para maiores desdobramentos e análise desta operação.




Tópicos relacionados

Operação Lava Jato   /    Poder Judiciário   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar