Mundo Operário

GREVE DOS PETROLEIROS | RIO GRANDE DO NORTE

Petroleiros de Natal venderão gás de cozinha pela metade do preço na sexta (14)

Os petroleiros do RN irão realizar nessa sexta (14) uma ação, na sede da Petrobras em Natal, para dialogar com a população e buscar apoio para a greve. Repetindo a ação feita em diversos estados do país, vão vender gás de cozinha por preços justos e reduzidos

segunda-feira 10 de fevereiro| Edição do dia

Repetindo as ações de sucesso que petroleiros de diversos estados já fizeram, os grevistas do Rio Grande do Norte preparam uma ação para esta sexta-feira (14), em Natal, para vender gás de cozinha por R$ 40,00 para a população. A ação será feita pela manhã, na sede da Petrobrás em Natal.

Os petroleiros já estão no seu 10° dia de greve, na luta contra as 1000 demissões na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (FAFEN), no Paraná, colocando trabalhadores efetivos e terceirizados lado a lado, e lutando contra o plano neoliberal de privatização de Bolsonaro e Paulo Guedes.

Veja também: 6 propostas para fortalecer a greve dos petroleiros

As vendas de gás de cozinha à preço reduzido para a população vem sendo uma efetiva forma encontrada pelos petroleiros para se ligar com a população das regiões onde há usinas, fábricas e refinarias em greve, mostrando que é possível vender os produtos da Petrobras à preços justos para os trabalhadores e trabalhadoras, e para conseguir romper o cerco da mídia burguesa e dialogar com a população.

Segundo o Sindipetro-RN, os petroleiros vem realizando diversos tipos de ação diariamente, buscando manter a categoria mobilizada, com assembleias, controle de fluxos de carros nas rodovias, e agora, a venda do gás de cozinha. No estado do Rio Grande do Norte a mobilização dos petroleiros já acontece no campo terrestre do Alto do Rodrigues, no polo industrial de Guamaré e na base administrativa de Mossoró. Ao redor do Brasil são 13 estados e quase 100 unidades da Petrobras em greve.

Pode interessar: A vitória dos petroleiros pode barrar a privatização das 8 refinarias e dezenas de terminais

Os petroleiros vem dando um grande exemplo para todo o país de como se enfrentar com os ataques de Bolsonaro, e com seu plano de privatizações, demissões, e descarrego da crise nas costas dos trabalhadores e da população pobre. Lutando contra um enorme cerco da mídia capitalista, que se recusa a falar uma linha sobre essa greve, pelo medo de que a força dos petroleiros influencie outras categorias, os grevistas vem conseguindo manter sua greve forte.

Veja mais: Já são 10 dias de Greve dos Petroleiros com adesão em todo o sistema Petrobras

Nós do Esquerda Diário Nordeste queremos nos somar as ações dos petroleiros em greve, e chamamos todos a se solidarizar e apoiar ativamente a luta dos grevistas, participando de suas ações e ajudando a luta nacional dos petroleiros a romper o cerco da mídia capitalista!

Também: Não às demissões, à privatização e à entrega da Petrobrás




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Petrobras   /    Natal   /    Privatização da Petrobras   /    Greve dos Petroleiros   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar