Mundo Operário

GREVE DE PETROLEIROS

Petroleiros de Minas mantém greve em solidariedade aos petroleiros de Pernambuco e Bahia

segunda-feira 3 de julho| Edição do dia

Os petroleiros da Regap, refinaria da Petrobrás de Minas Gerais, decidiram manter a greve por tempo indeterminado em solidariedade as refinarias de Pernambuco (RNest) e Bahia (RLam) que lutam contra o corte no efetivo, mesmo após o recuo da Federação Única dos Petroleiros (CUT) que suspendeu hoje a greve que havia se iniciado na sexta-feira (30/06).

O 30 de junho no país, apesar do boicote aberto ou velado das maiores centrais, expressou a disposição de luta de diversas categorias de trabalhadores: de Norte a Sul foram greves, paralisações, fechamentos de rua com atos, distintas formas de mobilizações operária e cidades mais "vazias" do que o habitual.

Apesar desse boicote da CUT e da CTB que não dedicaram todas as suas energias para parar setores estratégicos que dirigem como o metrô de São Paulo, ou a traição da Força Sindical que em diversas categorias desconvocou a greve geral, a solidariedade dos petroleiros de Minas é mais uma prova da imensa disposição de luta que existe na classe trabalhadora, apesar de suas direções.




Tópicos relacionados

Greve   /    Greve da Petrobras   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar