Mundo Operário

Petroleiros aprovam greve a partir de sábado (01/02)

A partir de assembleias da categoria, foi aprovado indicativo de greve por tempo indeterminado a partir do próximo sábado (01/02), de acordo com informações da Federação Única dos Petroleiros (FUP).

quarta-feira 29 de janeiro| Edição do dia

A greve se coloca contra as demissões e fechamento da FAFEN-PR, Fabrica de Fertilizantes Aucária Nitrogenados no Paraná e pelo descumprimento do acordo coletivo de trabalho (ACT).

A luta dos petroleiros se apresenta para além das demandas sindicais como o fechamento da unidade e as demissões, contra o projeto de privatizações orquestrado pelo governo Bolsonaro/Guedes, que já se apresenta com força na Petrobrás de conjunto.

Como ações contra o desmonte da unidade do Paraná, além da greve, houve a ocupação desde o dia 21 de janeiro, como estratégia para impedir que a unidade fechasse.

Entenda melhor: Seguindo rito da privatização, Petrobras fechará fábrica e demitirá mais de mil no PR




Tópicos relacionados

Privatização da Petrobras   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar