AUMENTO DE PREÇOS

Petrobras aumenta gás de cozinha e gasolina

Ontem foi anunciado pela Petrobras o aumento do gás de cozinha em 1% e da gasolina em 1,57%. Preços começam a vale nesta terça-feira (05).

terça-feira 5 de fevereiro| Edição do dia

Foto: Rogério Aderbal/G1

A Petrobras reajustará os preços médios do gás de cozinha em botijões de 13Kg em 1,04% a partir de terça-feira (05). O preço que era de R$25,07 vai para R$25,33, segundo informações no site da empresa divulgados na segunda-feira. O reajuste terá impactado para o consumidor em torno de 0,5% e 1,4%.

A empresa também anunciou o aumento de 1,57% no preço médio da gasolina nas refinarias. Com isso, ela passará de R$ 1,4758 para R$ 1,4990, enquanto o diesel se manterá em R$ 2,0198. Desde o início de uma nova metodologia adotada pela empresa, o preço da gasolina comercializada nas refinarias acumula alta de 14,54% e o diesel uma valorização de 48,94%.

Nos postos de gasolina, o preço do produto caiu 0,8% na semana do dia 2, seria o valor de R$ 4,212 por litro, enquanto o valor do diesel subiu para R$ 3,447 o litro, de acordo com um levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Quem mais sofre com os aumentos de preços é a população. Tanto com o gás de cozinha, mas também com a gasolina para carro. O aumento acumulado do diesel também aumenta o frete para a maior parte dos produtos transportados por caminhões, aumento o preço dos alimentos por exemplo.

Para reverter isso, precisamos de uma Petrobras sob gestão operária e controle popular, para que o preço não sejam determinados pelas grandes empresas e com função de obter lucro, mas para servir às reais necessidades da população!




Tópicos relacionados

Petrobras   /    Inflação   /    Crise da Petrobrás

Comentários

Comentar