CRISE COMBUSTÍVEIS

Petrobras anuncia redução no preço do diesel, mostrando a arbitrariedade desse aumento

Presidente da Petrobras anunciou que o preço do diesel iria diminuir 10% por 15 dias. Onde fica claro que esse aumento foi completamente arbitrário para favorecer a privatização da empresa.

quarta-feira 23 de maio| Edição do dia

Em meio aos protestos de caminhoneiros por todo o país, a Petrobras recuou temporariamente na sua politica de preço de combustíveis, e decidiu reduzir 10% o preço do diesel nas refinarias da estatal. A Petrobras anunciou que irá interromper por apenas 15 dias sua política de preços, atualmente baseada na cotação internacional do petróleo.

Essa decisão é um movimento, acalmar os caminhoneiros enquanto o governo golpista de Michel Temer estar tentando fazer acordo com parte da patronal que está por trás da paralisação, e que obviamente não querem nada que seja para melhora as péssimas condições que os motoristas trabalham, apenas continuar mantendo o aumento de seus lucros. E uma manobra para dividir a população que já está enfurecida com esse aumento absurdo.

Esse corte mostra como o aumento de preço era algo totalmente arbitrário para favorecer privatização. A privatização significara preços mais altos ao mesmo tempo que a Petrobras continuar nas mãos de uma alta burocracia corrupta indicada por diferentes governos só pode significar que os imensos recursos do petróleo não sirvam aos interesses da população. Por isso defendemos a imediata anulação de todos aumentos e que a Petrobras seja 100% estatal e controlada pelos petroleiros com controle popular.




Tópicos relacionados

Privatização da Petrobras   /    Governo Temer   /    Crise da Petrobrás

Comentários

Comentar