Sociedade

AUMENTO DA PASSAGEM SP

Personalidades do PSOL marcam presença no 2º ato contra o aumento da passagem

quinta-feira 18 de janeiro| Edição do dia

Ontem (17) foi realizado o segundo ato contra o aumento da passagem dos ônibus. A gestão Doria promoveu o aumento da passagem de ônibus de R$3,80 para R$4, sob justificativa que tornaria mais fácil o manejo do dinheiro e do troco.

Doria promoveu duas grandes mudanças no sistema de passe livre estudantil: primeiro, houve uma modificação na duração das cotas para ônibus, que antes eram de 24 horas para apenas 2 horas. Ou seja, se o estudante gastava uma cota em um dia para ir à escola, ou ter acesso à meios de cultura e lazer, dependendo do tempo que for necessário gastará mais de uma cota em um dia.

A segunda mudança, que ocorreu este ano conforme noticiou o Esquerda Diário, foi na renovação ou pedido do passe livre: Doria modificou o sistema tornando-o muito mais burocrático, dificultando ainda mais a mobilidade urbana da juventude paulistana.

Os ataques de Doria não param na juventude: afetam também os trabalhadores, que tem salários baixíssimos e que sofrem com o projeto de Doria de erradicar a função do cobrador, tornando ainda mais precarizado o trabalho dos motoristas.

O ato de ontem (17), que concentrou-se na Faria Lima e caminhou até o Largo da Batata, contou com a juventude universitária e secundarista, e com figuras importantes do PSOL no cenário político brasileiro como Ivan Valente e Plínio Jr, contra os ataques de Doria sob os direitos dos trabalhadores e da juventude.

Veja abaixo o vídeo publicado na Página do Esquerda Diário, onde Plínio Jr faz uma fala em apoio à luta contra o aumento da passagem e vídeo publicado na página de Ivan Valente durante o 2º Ato:




Tópicos relacionados

João Doria   /    PSOL   /    Sociedade   /    Aumento da Passagem

Comentários

Comentar